Empreender de dentro para fora pelo marketing de rede

Interessante conhecer o ponto de vista de um senador sobre as propostas de flexibilização da lei trabalhista tramitando no Congresso. São 74 projetos de lei em tramitação que, na prática, extinguem o emprego tradicional. Se prepare para o fim do emprego e para o início do trabalho por perfomance.  Para mim, o recado é claro: não quero ficar esperando me aposentar ou o emprego tradicional acabar. Já passou da hora de começar a empreender.

Tenho estudado sobre o tema de riqueza e prosperidade de dentro para fora. E enfim consegui atinar com uma forma de negócio em que posso começar a empreender de uma forma concreta, ajudando outras pessoas a enriquecer e empreender: o marketing de rede.

Há 10 anos atrás, fui supervisor da Herbalife, e comecei a ter resultados interessantes, criando uma pequena e promissora equipe de supervisores e distribuidores. Eu me sentia feliz, inspirado, treinando e motivando pessoas.

Até que, graças à minha inexperiência, emprestei produtos e dinheiro para alguns de minha rede, e nunca vi o dinheiro de volta, tendo amargado um prejuízo, à época, de cerca de 10 mil reais. Isso me fez sair precocemente do ramo de network marketing e ter uma boa resistência ao assunto até que o sucesso de um primo meu começou a me chamar atenção.

O cara contava com uma rede de quase 400 distribuidores e estava tendo sucesso financeiro, tendo deixado o emprego fixo para viver só da renda desse negócio. Foi então que, ao conversar com ele, ainda com muito pé atrás, que ele me mostrou que o MMN (Marketing Multinível) é algo promissor e com muito potencial de crescimento no Brasil.

Depois de várias conversas em que ele, pacientemente, me mostrou o diferencial do plano de negócios e do produto, resolvi entrar, porque tinha praticamente nada a perder.

Foi então que começou a me cair a ficha: num momento em que, no Congresso Nacional, tramitam 74 projetos de lei que flexibilizam a legislação trabalhista, coloca a negociação entre patrão e empregado acima da CLT e cria o trabalho intermitente, e reforma a Previdência, criando a idade de 70 anos para que uma pessoa se aposente, a idéia de ter meu próprio negócio e empreender se torna não meramente uma opção, mas praticamente a única alternativa para não ficar à mercê da Previdência Pública e dos empregos cada vez mais precários.

Para saber mais, veja o vídeo do Senador Paulo Paim, onde ele afirma que “nem na ditadura os direitos do trabalhador foram tão atacados”. https://www.youtube.com/watch?v=6IIM9gDSFJQ

Ao invés de sentar e chorar, isso me animou ainda mais a empreender. E me fez mais otimista de que o marketing de rede é uma ótima opção de ter o meu próprio negócio sem a burocracia e ônus de abrir e administrar uma empresa, com o bônus de poder trabalhar para mim e para minha rede. E poder colocar meus talentos a serviço de meu negócio: a força de criar conexões e redes de relacionamento, de definir estratégias e novas opções de negócio, motivar e inspirar pessoas com minha positividade, e apoiar as pessoas para que se tornem empreendedores autônomos e realizados.

Portanto, agora, me sinto motivado a compartilhar com vocês minha visão e estudos sobre empreendedorismo, tendo como plataforma principal de lançamento do meu negócio empreendedor o marketing multinível, o marketing digital e outros método e técnicas que todo empreendedor precisa conhecer. Bem-vindo!

https://emersopacheco.jeunesseglobal.com/

Anúncios
Empreender de dentro para fora pelo marketing de rede

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s